Deus preparou uma mesa diante de mim, como aquela que Davi pediu a Deus, são manjares e mais manjares que Deus pôs diante de mim, tem bolos, doces e sucos para refrescar a minha alma. A sabedoria é a minha serva e ela já preparou a minha mesa, lavrou as minhas colunas e me disse: volta aqui meu filho. Fiz do entendimento o meu aliado e Deus abriu a minha mente para que eu possa entender todo o seu propósito. Deus me acendeu uma luz e por ela vejo todos os detalhes do propósito de Deus. Ninguém mais neste mundo estuda tanto a consciência como eu, pois ela é o objetivo de Deus para o seu propósito. Eu sei o que é consciência, sei para que ela serve e quais são as funções dela. Descobri que a consciência é o fruto proibido que os seres humanos comeram e que não deveriam ter comido. Sei que as consciências são bombardeadas o tempo todo pelo engano, que é o inimigo de Deus. Criaram-se milhares de doutrinas paralelas que não corresponde à verdade de Deus e todos os dias as consciências são enganadas nas religiões, como Paulo disse: pois, mudaram a verdade de Deus em mentira e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador que é bendito eternamente. E é isto que se pregam nas igrejas, eles falam mais dos sonhos de cada um do que do propósito de Deus, que aliás todas as religiões desconhecem, o que vale nas religiões é o sonho de cada um e não o propósito de Deus.

Mas o meu cálice transbordou da sabedoria de Deus e Ele me mostrou toda a razão da vida para os seres humanos, me mostrou as três fases da vida, me mostrou o porquê criou o macho e a fêmea, me mostrou o que nós produzimos como criação e para que serve, me disse ainda que esperava das consciências uma coisa, mas deu outra e me falou da sua tristeza pelo o que aconteceu. Mas eu me prontifiquei diante de Deus a realizar a sua vontade, coloquei a minha consciência a sua disposição e aceito tudo que o espírito de Deus me fala. A minha alma transborda de alegria nas mãos do meu senhor, e eu nem sei o que faço para agradá-lo, quero sentir o prazer do senhor na minha alma, e como um salmista disse: a minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Assim como a serva fica atenta nas mãos da sua senhora, a minha alma fica atenta nas mãos do meu senhor. Não consigo pensar em outra coisa, senão, no meu senhor, ele me provoca muito prazer e eu sei que ele será o meu corpo eterno lá no plano do céu, não vejo a hora de eu ser pelo meu espírito.

Por O teu espírito diz