É lógico que não poderia começar este texto sem mencionar o que Eliú disse: há um espírito no Homem, e a inspiração do Todo Poderoso é o que os faz entendidos. A minha inspiração vem deste espírito que Deus nos assentou e eu não escrevo uma só palavra por mim mesmo, mas escrevo as palavras que o espírito de Deus me ordena. Eu até que tento amenizar um pouco as palavras que o espírito põe em minha boca, mas de qualquer forma falo tudo que ele me manda. Eu falo muito através da escrita, mas vejo que quase ninguém percebe com, ou com quem eu falo. Quando vejo qualquer coisa errada contra o senhor, logo escrevo um texto, como está escrito: eu abro a minha boca numa parábola, mas quase sempre ninguém percebe o que quero dizer. Eu vejo as coisas, as percebo até pelo sentimento. As pessoas querem estar ligadas à minha carne, e sempre digo: se liga no espírito de Deus que já está em vós. A minha presença carnal tanto faz como tanto fez, um dia morrerei de todo jeito e vou embora para sempre. Me esqueça na carne, firme-se no espírito de Deus que já está em vós. A união dos irmãos não se faz pela carne, mas sim pelo espírito, um dia nos faremos um só corpo com Deus, mas na carne, cada um será enterrado num buraco, nela viemos apenas como criação.

Temos que começar a sentir o espírito de Deus por nossas consciências e não mais a carne, como Jesus disse da sua família: quem é minha mãe, meus irmãos e irmãs? Todo aquele que faz a vontade do meu Pai que está no céu, estes são a minha mãe, irmão e irmã. Vamos nos ligar no espírito de Deus meus irmãos e não na carne. As nossas inspirações devem vir do espírito, vamos mortificar este nosso corpo carnal de dentro das nossas consciências e vamos vivificar o espírito de Deus no lugar. Vamos ter afeição pelo espírito e não pela carne. Já é muito que nós vivemos pela carne, vamos passar agora a viver pelo espírito. Me tenha como morto na carne e comece a sentir a minha presença no espírito. Eu sei que é difícil compreender isto, mas sinto a Abraão, Isaque, Jacó, Rebeca, Rute, como se eles estivessem aqui no nosso meio, e sei que eles estão, mas pelo espírito, pois estes formam o corpo de Deus, o nosso Pai, o que me tornarei também, tudo a seu tempo.

Isto não é loucura minha, mas é a verdade do propósito de Deus, que quer que as nossas consciências se desliguem da carne e se liguem no espírito. Temos que perder estes sentimentos carnais e passar a tê-los pelo espírito, é esta inspiração que devemos ter.

Por O teu espírito diz