Não é uma, nem duas consciências, mas bilhões e bilhões delas estão caindo no vazio eterno. A tua consciência tem noção do que seja um vazio eterno? Pois é, é pra lá que ela está se caminhando. Ainda temos a opção da vida eterna do espírito, mas consciência nenhuma quer nada com ele, e ainda o confunde com Jesus. Não é Jesus que veio de Deus para nos dar a vida, mas sim o Cristo, o espírito de Deus que já nos dá a vida, este veio de Deus para nos salvar. A confusão que todos fazem é porque a consciência de Jesus assumiu a pessoa do espírito nele, mas o mesmo espírito também está em todos nós pela vida. Quem nos dá a vida não é Jesus, mas sim o vindo de Deus, que já é este espírito que nos vivifica.

O propósito de Deus é o mesmo para todos, e o processo também é o mesmo, como Paulo disse: e, se o espírito daquele que dos mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, que é este mesmo espírito que nos dá a vida, aquele que dos mortos, ressuscitou o Cristo em Jesus, ressuscitará também o Cristo em vós, pelo mesmo espírito em que vos habita. Porque todos os que são guiados pelo espírito de Deus, estes são os filhos de Deus. Jesus Cristo é a consciência do homem Jesus no espírito, e ele serve de modelo de Deus para nós, isto é, quem fizer exatamente o que Jesus fez, será salvo. Davi também elegeu o espírito de Deus sobre a consciência dele, por isso ouviu a voz de Deus que lhe disse: tu és meu filho, eu hoje te gerei. Abraão também fez o mesmo, deixou este mundo e seguiu o espírito de Deus.

Cristo não é Jesus, mas sim o espírito de Deus que nos dá a vida. Jesus andou por Cristo, por isso ele disse: Abraão desejou por ver o meu dia, viu e alegrou-se. Neste texto, Jesus não falava pela carne, mas por Cristo, isto é, pelo espírito de Deus que estava nele, que foi o mesmo espírito que também estava em Abraão. Hoje eu ando por este mesmo espírito que eles andaram e nos tornamos irmãos em Cristo, e todos que andarem por este mesmo espírito é filho do mesmo Pai e são nossos verdadeiros irmãos em Cristo.

Por O teu espírito diz