A reforma constitui-se na reestruturação, na regeneração, na renovação, na reorganização, que é o ato ou efeito da reforma, a renúncia aos seus hábitos e corrigi-los, reconstruir, renovar, substituir, modificar, trocar a base.

Dentro do propósito de Deus, a nossa consciência é considerada como uma casa, como um templo de habitação, e na lei está escrito, que enquanto a carne estiver de pé na consciência, o espírito de Deus não se estabelece nela. E é esta reforma que devemos fazer nas nossas consciências, derrubar tudo da carne dentro delas e edificar o espírito de Deus. Deus já havia dito por Isaías, que assentou uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada, e aquele que crer nela, não será confundido. Esta pedra se trata do espírito de Deus que já nos dá a vida, mas as consciências firmaram suas bases na carne, e elas mesmas sabem que ela morrerá, e as jogará no vazio eterno. Então, temos que fazer esta reforma na nossa consciência, desligá-la da carne e liga-la no espírito de Deus pela vida eterna dela, pois se a consciência não fizer isto, com certeza cairá no vazio eterno. Não existe misericórdia, não existe perdão, é tolice pedir perdão todos os dias a Deus, mas estamos neste mundo por um propósito. O sêmen não deixa de ser sêmen só pelo perdão, mas é preciso ele adentrar o óvulo da mulher, descer para o útero, passar por uma metamorfose para se transformar em ser humano. Agora também, temos que inseminar o espírito de Deus dentro das nossas consciências, passarmos por uma metamorfose, para nascermos no céu pelo espírito.

Não existe esta que outro já fez isso por nós, que outro já morreu por nós, isto é história de igreja, de religião mal resolvida, que prega prosperidade carnal e diz que outro já fez tudo o que deveríamos fazer, e que ele já morreu por nós. Isto tudo é mentira, já estamos dentro de um propósito e somos nós que temos que passar por este caminho, não tem como outro sêmen entrar no óvulo da mulher e se gestar para você nascer neste mundo, mas teve que ser o seu sêmen, se outro sêmen entrou no óvulo da mulher, é outra pessoa que nascerá e não você. As religiões sempre fizeram o papel do diabo neste mundo para tirar as consciências do verdadeiro propósito de Deus, qual lógica teria se você não fizesse nada e nascesse no céu? Que mulher que não coabitando com nenhum homem pode gerar filho?

O filho de Deus, o filho da vida eterna, é gerado dentro da nossa consciência e primeiramente devemos reestruturar o nosso entendimento, temos que trilhar o caminho do raciocínio lógico, esta é a linha e o prumo que Deus disse que tinha nas mãos para ver se a nossa consciência estava de fato sendo edificada em cima do espírito ou não. As nossas consciências devem esquecer a carne, pois ela só entra no propósito de Deus como criação e ela é descartável, o que tem valor em nós, é o que produzimos como criação, que é a consciência, esta sim é que deve servir a Deus, mas a carne está fora dos planos de Deus, como Jesus disse: o espírito é o que vivifica, a carne para nada se aproveita.

Por O teu espírito diz