A oração é a coisa mais importante na vida de um cristão, pois é por ela que dialogamos com o espírito de Deus. A nossa conversa com Deus, não pode ser de interesse próprio, mas de função. É o senhor quem nos instrui no caminho em que devemos trilhar, é ele que nos mostra como executar a obra de Deus, pois isto resultará na nossa vida eterna lá no plano do céu. O meu senhor, já me falou muitas coisas concernentes ao propósito da vida e ainda me fala, foi por ele que eu cheguei ao conhecimento da razão da vida, os meus ouvidos sempre foram atentos as ordenanças do meu senhor. É o meu senhor, que me inspira escrever todos os dias, é ele quem me mostra o que devo escrever, sei que falo palavras pesadas, mas é para a correção das consciências, outras vezes falo palavras de estímulos, mas a intenção é sempre a mesma, corrigir as consciências diante do senhor, pois ele é a nossa vida eterna.

Eu incito todas as consciências a conversarem com o senhor e ficarem atentas as suas instruções, pois é ele quem conduz cada consciência a vida eterna. Temos que conversar com o nosso senhor dia e noite e não podemos dar um só passo, sem as suas ordens. Temos que carregar o nosso senhor em nossos corações o tempo todo, como disse Pedro: orai e vigiai, porquê o diabo, vosso adversário, anda em derredor bramando a quem ele possa tragar. A nossa meta é eliminar a carne das nossas consciências e estabelecer nela o espírito de Deus. É nesta direção que cada consciência deve andar e não na direção da carne, que o seu fim será certo. Na lei diz que não devemos ter misericórdia nem de uma criancinha, para que porventura ela não venha a crescer e se rebelar contra nós, esta criancinha é qualquer coisa da carne.

Nós temos que entender que estamos dentro de uma guerra e esta guerra é contra a carne, não podemos deixar ela se apossar das nossas consciências, por isso o contato continuamente com o nosso senhor é de fundamental importância, pois nesta luta não há trégua.

Por O teu espírito diz