Olha só a trajetória que você passou no caminho da vida desde que o seu pai produziu o seu sêmen. Só no dia que o seu pai coabitou com a sua mãe e o seu sêmen estava no meio, foram cerca de trezentos milhões de sêmens e todos correram na mesma direção do óvulo da sua mãe, mas foi o seu que adentrou o óvulo dela, o resto foi para o ralo eterno. Já no ventre da sua mãe, o teu sêmen passou por uma metamorfose, se transformando de sêmen em ser humano, e por fim, você nasceu neste mundo como se vê. Já neste mundo, você cresceu, produziu a consciência como um fruto natural e no meio de quase oito bilhões de outras consciências, eu digo, até mesmo sem querer, a sua consciência chegou ao conhecimento do espírito de Deus e também do propósito da vida. O espírito de Deus, seria a vida eterna da tua consciência, era só insemina-lo dentro dela que ela passaria por uma nova metamorfose, deixando agora o ser carnal e passando a ser espiritual, e o espírito transporia a tua consciência de planos e lá no plano do espírito, ele seria o corpo eterno dela.

Mas olha só o que aconteceu no meio do caminho, a tua própria carne passou a ser a tua pior inimiga, pois ela não deixa a tua consciência seguir com a vida eterna do espírito. Era só a tua consciência eliminar a carne de dentro dela, se entregar ao espírito de Deus, que estaria na vida eterna do espírito. Mas o que aconteceu? A tua consciência rendeu-se ao inimigo e deixou o espírito de Deus de lado, e resolveu por conta própria, viver esta curta vida da carne que tem neste mundo. A tua consciência abandonou a vida eterna do espírito e enfrentará uma eternidade no vazio do nada por isso. Eu tenho absoluta certeza, que chegará o dia, que a tua consciência se arrependerá amargamente por isso, e neste dia, ela dirá: o que foi que eu fiz?!

Tinha tudo para estar na vida eterna do espírito e estar no reino de Deus, mas fui cair nesta masmorra eterna! A vida foi tão boa para mim e eu cometi esta crueldade com ela. Pense num castigo merecido? Chegou tão perto da vida do espírito, mas rendeu-se ao inimigo. Fez como Saul, que chegou ao conhecimento do espírito, mas preferiu uma vida de tormentos. Judas também, que quando viu a besteira que fez, comprou uma corda e se enforcou com ela. Não fez como Rute, que buscou abrigo no senhor, ou como Davi, que ungiu o espírito de Deus, senhor da sua consciência. Mas o teu fim neste mundo, foi muito triste, se isto te serve de consolo, a tua consciência não é a única que cairá no vazio eterno, mas você estará sozinha.

Por O teu espírito diz