Já falei isto muitas vezes, destes três “eus” que há dentro de cada um de nós. Nós devemos saber separar cada um deles e colocá-los cada um no seu devido lugar para obtermos a nossa vida eterna. Primeiro devemos identificar o nosso corpo carnal, que se trata de uma criação dentro do propósito de Deus, segundo temos que identificar o espírito que Deus nos assentou pela vida, e por último identificarmos como consciências que somos, que é o fruto da criação humana. Fazendo isto, identificamos os nossos três “eus”, isto é, a carne, o espírito e a consciência. Sabemos que na carne somos criações descartáveis, isto é, na carne só fomos criados por causa da consciência que produzimos, mas uma hora a carne sairá de cena, resta então, o espírito e a consciência.

Pelo propósito de Deus a nossa consciência deve se desligar da carne em vida e se ligar no espírito de Deus, se ela fizesse isso, voltaria com o espírito a Deus e lá no plano do céu ela gozaria a vida eterna dele. Mas se ela permanecer ligada a carne até a morte, uma hora o espírito voltará a Deus, a carne voltará ao pó e a consciência cairá no vazio eterno, indo assim cada um para um lugar. Estamos dentro de um propósito e temos que entender esse propósito e pratica-lo para darmos sequência a vida, senão, vamos desfazer o propósito de Deus em nós e não dará em nada. Pior é que jogaremos a consciência que produzimos no vazio eterno.

Imagine, a consciência viveu poucos anos de vida aqui no mundo e se lançou no inferno. Agora pense numa coisa, a tua consciência passará uma eternidade no vazio eterno, quão angustiante deve ser isto? Veio a este mundo só para uma coisa, virou as costas para esta coisa e passará uma eternidade no vazio por isso. Hoje, parece que a tua vida está indo tudo muito bem, mas depois da morte da tua carne, você terá que enfrentar uma eternidade. Qual comparação que a tua consciência faz entre uma vida eterna e poucos anos que ela tem neste mundo? A tua consciência prefere viver estes poucos anos de vida que tem aqui no mundo e depois se lançar no vazio eterno, ou prefere virar as costas para esta vida aqui do mundo e gozar uma vida eterna só de prazeres e delícias lá no céu pelo espírito? Jesus disse assim: quem ganhar a sua vida aqui no mundo, perderá a vida eterna lá do céu, mas quem aborrecer a sua vida aqui no mundo, por amor ao espírito de Deus, se guardará para a vida eterna lá do céu.

Se a tua consciência não acredita nisto, toca em frente pela carne, mas um dia ela verá que isto é uma verdade, mas daí será tarde demais.

Por O teu espírito diz