Nós temos que fazer por onde para sermos desejados, porque se formos inconvenientes todos vão querer se afastar de nós. Dentro do propósito de Deus não existe ser mais desejado para uma consciência do que o espírito de Deus, pois é nele que está a nossa vida eterna, ele veio do céu só para levar a nossa consciência ao céu, e ela viverá por ele eternamente. O espírito de Deus seria o nosso corpo eterno, a lógica da vida, a sequência do propósito de Deus. Nós falamos todos os dias que o caminho da vida tem três fases, a fase de sêmen que já passamos, a fase humana em que estamos e a fase espiritual lá a frente que é eterna, uma vez a consciência chegou a vida eterna do espírito nunca mais ela verá a morte, quer uma existência mais desejada para a consciência do que o espírito de Deus? Pois ele é a vida eterna dela, e por outro lado a consciência também tem que se fazer desejada para que o espírito de Deus habite nela eternamente, como a consciência de Davi que o espírito disse: este é o meu repouso para sempre, aqui habitarei, pois o desejei. É um casamento perfeito e eterno entre a consciência e o vindo de Deus, uma hora a nossa carne nos deixará para sempre e a consciência cairá em um vazio eterno, mas a consciência que se desligar da carne e se ligar no espírito de Deus terá a vida eterna dela.

Não sei se as consciências enxergam o que estou falando, mas isto é para elas, só o espírito pode dar a vida eterna para a consciência, a carne como dito deixará a consciência vazia eternamente. Todos nós sabemos que uma hora se cumprirá a lei que diz: o pó voltará ao pó como era e o espírito voltará a Deus que o deu. Isto acontecerá a todos nós, cabe a consciência enxergar o propósito de Deus, deixar a carne que morre e assumir o espírito de Deus por pessoa, pois a vida está nele. Trata-se de um propósito e nós estamos dentro dele, ninguém escapa disso, e o dia do nosso juízo está chegando e não tem como fugir disso, pois já estamos dentro deste propósito. Nós não sabemos a hora nem o lugar, mas uma hora o espírito voltará a Deus, e a consciência que não for com ele cairá mesmo em um vazio eterno sem perdão, isto já está determinado e qual consciência não sabe disto? A parte dela é só se entregar ao espírito de Deus, que o mais tudo ele fará. Trata-se de uma lei, e a entrega ao espírito por parte da consciência é o princípio, se ela se entregar verdadeiramente ao espírito de Deus, ele cuidará de fazer esta obra de Deus nela, que é desligá-la da carne e ligá-la a ele, feito isto ela terá a vida eterna dele.

Por O teu espírito diz