Nenhuma consciência neste mundo vive o que ela é de verdade, mas tudo é só fachada, tudo aparência. Para cada ocasião uma máscara e atrás desta parede que se vê, é só lixo. O pior não é o que vemos externamente, mas é o que tem dentro de cada consciência. E tudo funciona desta forma, para o mundo parece excelente, mas internamente, o engano. Ninguém derruba esta parede da mentira para mostrar o que é de verdade, são todos como sepulturas caiadas, por fora parecem belas, mas por dentro só coisas mortas. As pessoas querem mostrar o que não são, vivem de aparências, mas lá no seu interno, a depressão, querem sustentar a mentira, mas quem conhece sabe. Por fora é a melhor pessoa do mundo, mas por dentro é um crápula nojento.

Temos que abrir as portas das nossas casas para que as pessoas entrem e vejam quem somos de verdade, se não temos nada a esconder porque temer? O que verdadeiramente você tem dentro da tua consciência? Você tem peito para falar, tem coragem para se mostrar? O que verdadeiramente pensa a tua consciência? Como que ela enxerga as coisas? De uma maneira pura ou ela é má intencionada? Quando você vê alguém, o que passa pela tua consciência? Você tem de verdade o propósito de Deus limpo dentro da tua consciência? Você pode realmente levantar a cabeça e dizer: eis-me aqui senhor, ou você tem vergonha diante do Senhor pelos teus atos? Como que uma consciência pode ter o carimbo aprovado pelo senhor, o selo da justiça? Eu nem digo do que você faz, mas a tua consciência realmente é pura diante de Deus, ou você quer negociar com Deus, barganhar? Se fosse para você colocar um adjetivo diante da tua consciência, que adjetivo seria este? Falar a verdade lhe trará problemas? Falar dos desejos da tua consciência, ela continuaria sendo pura?

Nós estamos dentro de um propósito, e o que realmente tira você deste propósito? Diga uma só coisa que você nunca contou a ninguém; no que o mundo te fascina? Qual o teu espinho na carne? O que é que você não queria fazer, mas faz? O que é que te atormenta no travesseiro? É bom desabafar, falar a verdade do que vê, não ser superficial, querer falar entrelinhas, mas ser autêntico, verdadeiro, leal, isto é o que eu mais cobro das consciências com relação a Deus, lealdade, dignidade e respeito. O que te leva a masmorra todos os dias? O que te leva a forca? No que você se condena? Vamos, saia de trás dessa fachada e mostre a tua cara de verdade.

 

Por O teu espírito diz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.