Esta sempre foi a minha luta, passar as outras consciências o que sinto pelo espírito. Eu gosto muito de falar de sentimentos, de falar o que sinto no meu coração, pois são por estes sentimentos que a minha consciência age, e todas as consciências também agem pelos sentimentos, e há sentimentos bons e também sentimentos ruins. Os sentimentos bons provocam prazer nas nossas consciências, provocam alegria, felicidade, paz e amor. Mas os sentimentos ruins provocam tristeza, angústia e tormento.

É normal uma consciência buscar o bem próprio dela. Toda consciência busca sair de uma posição de desconforto e busca uma posição de conforto, como se diz: ela busca uma zona de conforto. O que ninguém nunca explicou é o porquê toda consciência tem um medo terrível da morte, pois todas elas sabem que um dia morrerão na carne, e a consciência cairá no vazio eterno. Mas o que não se explica é o porquê nenhuma consciência busca saber qual é a sequência da vida, e ao invés da consciência buscar a verdade da razão da vida, ela monta um monte de salvações descabidas, absurdas, só para não ter que sair da carne. Uma renca acredita em reencarnação, outras acreditam que sairão dos seus túmulos e viverão outra vez neste mundo, outras acreditam que ressuscitarão no céu, mas pela carne. Na verdade, as consciências não conseguem se ver fora da carne, elas não veem outra forma de vida fora dela. Nenhuma consciência vê o espírito como um corpo, ou melhor, elas até que falam do espírito, mas só para ele ter a função de dar vida a carne, mas consciência nenhuma se faz uma pessoa com ele.

Deus já assentou uma porção do espírito em cada um de nós, e o espírito também é uma existência tanto quanto e muito mais excelente que a carne. É um ser de outro plano, e ele tem vida própria. A consciência não acredita na possibilidade de mudar de corpo, de deixar este corpo carnal e assumir este corpo espiritual. A vida está no espírito, se a consciência se desligar da carne e se ligar no espírito de Deus, ela terá a vida eterna dela no plano do céu por ele, e daí entrará numa zona de conforto eterna. O problema é que as consciências não enxergam o espírito de Deus nelas, e menos ainda acreditam na possibilidade dele ser o corpo eterno delas. Por isso as consciências não fazem esta troca e nunca estarão nesta zona de conforto, mas todas as consciências vão com a carne até o caixão e não trocam de existência de jeito nenhum.

Primeiro, eu gosto sempre de lembrar que nós estamos dentro de um propósito, e que o espírito é a nossa vida eterna lá no plano do céu. Este propósito tem três fases, a fase de sêmen, a fase humana e a fase espiritual. E para nós trocarmos de fase, existem leis e princípios para isto e se não praticarmos o princípio dentro das leis, não chegaremos a próxima etapa da vida.

Por O teu espírito diz