A consciência insana pegou uma direção trágica e cairá no vazio eterno. É até compreensível que a consciência foi produzida ainda agora neste mundo, mas ela tem todos os elementos em mãos para não se perder na vida, mas elas pegaram o caminho errado e foram todas atrás do que morre. Quem é que não sabe que a carne morrerá? Ela é apenas um lance no propósito de Deus, assim como o sêmen que também foi um lance dentro do propósito de Deus. Mas a consciência deve saber que a vida eterna e verdadeira está no espírito, no plano do céu. E mesmo todas as consciências sabendo que a carne vai para debaixo da terra, e que elas cairão no vazio eterno, seguem com a carne até a morte, e não se desviam deste caminho.

A vida eterna está no espírito, e uma hora o espírito voltará a Deus, e se a consciência não estiver ligada a ele, cairá mesmo no vazio eterno. Mas as consciências que estiverem ligadas no espírito voltarão a Deus com o espírito e lá no plano do céu, gozarão a vida eterna dele. Jamais alguém voltará a carne novamente, isto é uma história de estelionatário que quer pôr as mãos no seu dinheiro. A tua consciência não se salvará por enganos, mas é ela que deve buscar e ver o sentido da vida. Todos sabem que a vida não está na carne, mas no espírito de Deus, o que não se explica é o porquê as consciências vão atrás da carne. É no sentido do espírito que a tua consciência deve andar. Todas as consciências que vão atrás da carne, terão um fim trágico, pois o fim da carne é dentro de um caixão.

Eu não entendo o porquê as consciências pegaram a direção errada, pois o espírito de Deus já está dentro delas lhes dando a vida. Mas elas viraram o rosto para ele e ficaram com sentimentos sem vergonha da carne e ainda dizem: presente de deus. Estes sentimentos que a tua consciência tem pela carne, são todos de mulher sem vergonha, sentimentos de raparigas, como as prostitutas, que dizem estar sentindo o gozo só por interesse no dinheiro. Não conheço uma consciência sentindo o prazer do espírito, mas só os prazeres da carne, é nítido ver isto. Quando se fala da carne, todos se sentem nela, mas quando se fala do espírito, é na terceira pessoa.

Por O teu espírito diz