VIVENDO DE MIGALHAS

… e caindo ele em si mesmo, disse: quantos trabalhadores de meu pai têm abundância de pão, e eu sendo filho, estou aqui padecendo fome, desejando comer as bolotas dos porcos. Levantar-me-ei e irei ter com o meu Pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou mais digno de ser chamado seu filho, mas me tenha como um dos seus servos.

Quantas e quantas pessoas vivem assim no mundo, comendo as migalhas que o mundo oferece, tendo um Pai tão rico, que é Deus. Todos resolveram viver por conta própria. A princípio, pode até ter um ar de liberdade, de poder fazer o que quer, de autoconfiança. Mas quando o mundo começa a bater forte na tua cara, e te pergunta: cadê o seu pai moleque? Daí você começa a perceber que é um menor abandonado e que está sozinho neste mundo, e você vê que só te sobra as migalhas deste mundo, e enquanto você não se arrepender de viver por conta própria e levantar a cabeça, como o filho pródigo e dizer: vou ter com o meu pai. Vai continuar aí rosnando como os porcos e farejando o chão.

O ponto que vejo errado nas consciências, é que elas querem, na verdade, o perdão de Deus, mas querem continuar na carne. Seria o mesmo que uma mulher, dizer que se arrependeu de trair o marido e pedir perdão, mas continuar o traindo. Se a tua consciência quer viver pela carne, Deus não te proíbe, mas terá que viver por conta própria. Você ainda não entendeu o propósito de Deus? Aliás, por acaso você tem noção do que é andar pelo espírito? A consciência tem que perder todos os sentimentos da carne, como Paulo disse: os filhos de Deus, são os que são guiados pelo espírito de Deus, e não guiados pela carne. Trata-se de uma coisa radical, a tua consciência tem que deixar esta vida que ela viveu até hoje, é uma em um bilhão. A consciência tem que se sentir só neste mundo, sem ninguém ao lado dela, mesmo rodeada de gente, eu digo isto na carne. Sem pai, sem mãe, sem irmãos, sem filhos, sem nenhum bem material, pois a nossa gente agora é outra, é alguém que você nunca viu antes na vida, é uma nova família literal, como Jesus disse: qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está no céu, este agora é minha mãe, meu irmão e irmã. Você nem deixou a sua família carnal ainda e já quer me dizer que é filho de Deus?

Por O teu espírito diz