Um dia fomos um sêmen e adentramos o óvulo de nossas mães, fomos gestados, e quando atingimos a estatura completa de ser humano, nascemos neste mundo, com um único propósito, servir ao nosso Criador e para isso devemos firmar as nossas consciências no espírito, mas fico muito triste com o mundo em que vivemos, onde as pessoas deixaram a carne imperar nas suas consciências, lugar onde deveriam deixar o espírito. Por isso o mundo está em desgraça, porque as pessoas firmaram suas consciências na carne e qualquer vento abala suas estruturas.

Hoje eu vejo que não devemos deixar a carne imperar nas nossas consciências. Devemos cumprir com o propósito do nosso Criador Deus e para isto devemos deixar o espírito imperar nas nossas consciências. Temos que destituir o império da carne, derrubando toda esta estrutura que montamos em nós, consciências, antes de chegarmos ao conhecimento de Deus. Sozinhos não conseguimos, mas se nos colocarmos de fato nas mãos Deus, iremos concluir o propósito e teremos a nossa vida eterna.

Por João Azarias