Eu vejo as consciências frias, sem amor por estarem ligadas a carne. Por fora parecem até serenas, mas por dentro são como gelos e não há o que fazer para que venham aquecer com a vida. A carne é fria, calculista e por estarem ligadas nela se tornam frias e sem amor. O espírito é a vida, é quente, mas não o buscam para se aquecerem, não fazem questão dele e o ignoram, por isto são almas frias. Não buscam a Deus e muito menos enxergam que estão dentro de um propósito.

Alguns até falam de Deus, mas só dá boca pra fora,  falam uma coisa, mas vivem outra, não se preocupam com o propósito de Deus e muito menos buscam ver o lado Dele, não compreendem a Deus e muito menos o seu próximo, não se interessam em saber o porquê de estarem aqui, por isto são  frias por dentro, só buscam as aparências mundanas onde por fora mostram uma coisa, mas por dentro são todas sepulturas caiadas, todos os seus sentimentos estão neste mundo e não buscam se relacionar com o espírito de Deus para terem sentimentos por ele. O espírito é quente e a consciência que se liga nele se faz uma alma aquecida e por todo o lugar que passa os outros a sentem como uma brasa viva.

É triste, muito triste a visão que temos deste mundo, nenhuma consciência se foca no espírito e na vida eterna, só enxergam a vida que tem aqui neste mundo e não enxergam vida fora desta carne, são consciências totalmente carnais, por isto este mundo se tornou em terra de ninguém. Não enxergam que a vida está neste espírito, mas é só ele voltar a Deus que esta carne morre. Consciências, sejam sábias, se envolvam com o espírito para se aquecerem com a vida.

 

Por Rozivane Pereira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.