Foi posto à nossa frente dois caminhos, isto é, o caminho da vida e o caminho da morte. O caminho da vida está neste espírito que Deus nos assentou e o caminho da morte está nesta carne, pois todos nós sabemos que esta carne terá o seu fim. Sei que estou dentro de um propósito e este propósito é de Deus, compreendi exatamente o que devo fazer para que este propósito seja realizado, é tudo dentro de mim mesma e não preciso nem sair do lugar. Enxerguei que na carne sou uma criação e com certeza houve um motivo para que eu fosse criada. Deus me criou na carne somente por causa da consciência que ela produz, pois é nesta consciência que será realizado todo o propósito de Deus. É um caminho racional onde enxerguei as três peças que compõem o quebra cabeça da vida, a carne que é a criação, o espírito que a vivifica e a consciência que é o produto da criação, por ela eu penso, raciocino, formo ideias, ajo e manifesto todas as coisas.

Vi que com esta carne não vou muito longe, pois ela morre e volta ao pó, o espírito é quem me dá a vida, ele é eterno, veio de Deus e voltará a Deus, para eu me eternizar com a vida devo me aliar ao espírito, fazer dele o meu senhor, andar por ele até sair na próxima e definitiva fase da vida, só assim voltarei a Deus com ele e farei parte do corpo de Deus. Descobrir tudo isto é maravilhoso e colocá-lo em prática então, é muito prazeroso e mesmo que apareça algumas pedras no caminho é para me fortalecer, seguir firme sem olhar para trás, estar atenta a tudo para que nada venha me desviar, mas de mãos dadas ao meu senhor sigo firme rumo à terra que o Pai me prometeu.

 

Por Rozivane Pereira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.