Óleo que alivia e cessa toda dor, extraído da árvore da vida, porção de resplendor. É a cura de todos os males que adoecem a consciência, mina por entre os vales sua doce e pura essência. Bom cheiro que exala nas narinas dos viventes, sua falta desce amarga, aperta o peito da gente. Nascente que brota no imo de cada ser, gota que revigora fazendo-nos renascer. Sem dinheiro, sem preço, todos podem se apossar, a verdade é um livro aberto para as almas que querem se libertar. Mas pagam-se muito caro e vão longe atrás dos enganos, vejo tantos encarcerados cultuando o que é profano. Aparência de liberdade e formosura, almas chicoteadas à caminho da sepultura. Óleo da vida, bálsamo da consciência, transborde-nos de sabedoria, paz e paciência.
É tempo de ungir a cabeça, limpar-se de todo mal, seguir a vida e sua sequência tornando-se celestial.

Por Michele Mi 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.