Isolamento: ação ou efeito de isolar, de separar dos demais; separação. É evidente que destrincharei esse tema falando da nossa consciência, pois para estudar profundamente algo é preciso isola-lo. E se tratando da nossa consciência, sabemos que ela é muito complexa e que é necessária uma reflexão muito profunda para descobrirmos de verdade o que há dentro de cada um de nós. Não podemos ter medo de desbravar a nós mesmos, pois só assim veremos tanto as coisas ruins que devem ser eliminadas do nosso interno, quanto coisas excelentes que temos também no nosso mais profundo e era desconhecido. É óbvio que para enxergarmos as coisas nesse caminho, ele precisa ser iluminado, caso contrário, a escuridão do engano encobertará a verdade. Por isso é preciso ativar o interruptor do raciocínio lógico, para que a luz da sabedoria e do entendimento seja acesa, pois diante da luz tudo é manifestado.

Quando falo de isolamento não quero dizer com isto para nos tornarmos como amebas, mas de concentrarmos internamente e separarmos todas as coisas, colocando cada coisa no seu devido lugar. A consciência é como uma casa e devemos constantemente limpa-la, organiza-la e vermos de fato quem é o morador desta casa, qual existência tem a dominado e é fácil de detectarmos isso pelo estado da própria consciência, se está em tormentos ou em paz, doente ou saudável. Vamos cuidar com mais zelo da nossa consciência, pois isto depende exclusivamente de cada um de nós. Vamos trilhar este caminho inverso, pois só assim teremos grandes descobertas.

Por Michele Mi